PÓS-JOGO| INTERNACIONAL X PALMEIRAS – SE DANDO BEM, MESMO ESTANDO TUDO ERRADO . #02

Até 20 e poucos minutos do segundo tempo, este pitacos seria inteiramente para descarregar a raiva e inconformação deste que vos escreve. O Palmeiras pode ter se classificado da forma que classificou, pode ter calado o Beira Rio, mas há de se ficar alerta. Por mais que o Palmeiras demonstrou perseverança quando parecia tudo perdido, e conseguiu contrariar quem achava que o time estava abrindo mão da competição, o jogo deixou exposto várias coisas que precisam ser mudadas. Urgentemente!

Foi um dia de terror para o Internacional. Não bastasse estar jogando a Série B(mesmo que ainda tentando esconder isso) e tendo de reverter um resultado para se classificar, o clube ainda sofreu uma ameaça de ser rebaixado para a Série C.
O que eles fizeram foi unir todas essas adversidades e transformaram em coragem. E talvez você esteja se perguntando: Mas não era pra falar de PALMEIRAS? Porque está falando do Inter? Unicamente por que em primeiro momento, quem foi para o gramado jogar bola, foi o Internacional. O Palmeiras demorou para entrar em campo no primeiro tempo.

O Inter foi pra cima, precisando do resultado, e o Palmeiras se recuou totalmente. Na primeira bobeada da noite, eles quase marcaram, mas coube ao ”frangueiro”(assim chamado por muitos corneteiros) Fernando Prass, fazer uma belíssima defesa. No segundo vacilo, D’Alessandro saiu livre na cara do gol, e marcou. No agregado estava 1×1 e o jogo seguia para os pênaltis. Nos minutos seguintes, nada do time reagir, o Palmeiras mal conseguia sair da defesa, vários e vários passes errados em sequencia, e o Inter continuou apertando. Caminhando para o término da primeira etapa, a peleja se equilibrou, mas de longe o Palmeiras mostrava algum futebol que empolgasse.

Veio a parte final da partida, e novamente o Inter veio com ânimo e foi superior no primeiros minutos. Num contra ataque rápido, Nico López fez o segundo gol e por hora eliminava o Palmeiras. A situação se complicou mais ainda, e o time foi tomado por um desespero. Borja entrou e Mina virou centroavante. O Palmeiras então mostrou que ainda estava no jogo e ocupou a área do Inter. O gol veio ao estilo Cucabol. Cobrança de falta, bola para área e Thiago Santos marcou. 2×2 no agregado, mas com o gol fora de casa, a classificação era alviverde.
O Beira Rio foi de festa ao luto, rapidamente. O Palmeiras segurou o Internacional e garantiu sua vaga nas quartas de finais da Copa do Brasil.

Já são 3 derrotas nos últimos jogos do Palmeiras. Visivelmente, o time demonstrou em diversos momentos, não ter nenhum ânimo para vencer estas partidas. As 3 derrotas foram em jogos fora de casa, mas isso não é desculpa alguma. O time tem uma patrocinadora que da dinheiro a rodo ao clube, e foram gastos milhões e milhões para contratar jogadores. O que todo mundo esperava; e quando digo todo mundo não é só nós palmeirenses, mas rivais também; é que o Palmeiras jogasse o melhor futebol deste país. E com jogar o melhor futebol, não é para ser um Barcelona da vida, dar espetáculo todo jogo. Mas que ao menos fosse um futebol de resultado, como foi no ano passado. A maior parte do tempo, a defesa não jogou, o meio não jogou e o ataque precisou que um zagueiro fosse até lá e tentasse resolver a situação. No geral, ta tudo errado e padrão de jogo não tem como ser comprado.

Se você analisar os melhores clubes do mundo hoje, que são os que mais tem dinheiro, nenhum deles prioriza apenas um campeonato, eles vão entrar para vencer todos. E eles tem elenco para isto. E não querendo comparar, mas o Palmeiras era para ser este clube no Brasil. Mas o que fica parecendo, é que os jogos que não são de Libertadores, o Palmeiras parece fazer força para não vencer. E eu sei que não é isso que acontece, mas é a imagem que é passada ao torcedor. É preciso que alguém no clube, faça estes jogadores e comissão técnica acordarem pra realidade.

Chega de inventar, de entrar no jogo achando que ta tudo resolvido ou que não é preciso ter atitude. Jogadores, lembrem-se que vocês representam milhões de pessoas espalhadas pelo mundo todo, que cantam e vibram todos os jogos, que são apaixonados por este clube, que gritam seus nomes e os fazem ecoar aos arredores do Allianz. Lembrem-se que vocês representam o maior campeão nacional, o maior campeão do século XX, aquele que era capaz de parar o Santos de Pelé, foi a Seleção Brasileira e chamado de Academia de Futebol. Essa camisa é muito pesada, e não é por causa de seu patrocínio milionário estampado em cada canto dela. Mas por ter uma história linda no futebol mundial, de inúmeras conquistas, jogadores lendários e lutas contra a intolerância, dentro e fora do gramado.

Vamos jogar com raça jogadores, foquem em se tornarem lendas deste clube. Vocês vestem a camisa e carregam a responsabilidade de representarem o maior time do mundo. Juntos, vocês podem e irão ser vencedores pela Sociedade Esportiva Palmeiras.

Share: