Pré-jogo| Palmeiras x Atlético-PR

Uma das características fortes do Palmeiras de 2015 e 2016, era a união. Consequentemente, um time que jogava em coletivo. E desde o início da polêmica envolvendo Felipe Melo, voltamos a ver um time unido, alegre no dia a dia. União era algo que pedíamos muito ao Palmeiras de 2017, e ela voltou. Assim como nosso camisa dez, Moisés.

Última rodada do primeiro turno, e o Palmeiras recebe a equipe do Atlético-PR no Allianz. Claro que, inevitavelmente, o nosso pensamento está no dia 9, no jogo que é nosso divisor de águas, aquele define nossa situação na Libertadores. Mas o brasileirão não está perdido. Um pouco difícil, é verdade. Mas não impossível. Pra isso é necessário manter o bom ritmo que estamos tendo nas ultimas rodadas. E como sempre falamos, mesmo que não sendo tão entrosados, o time alternativo do Palmeiras é forte. Jogando dentro de casa, com o apoio de nós torcedores, esse time pode vencer, e muito bem. Nos últimos jogos, o time vem mostrando melhoras, sendo mais compacto e, jogando num Cucabol um pouco diferente, mais paciente e objetivo.

Espera-se que, jogadores como Michel Bastos, Raphael Veiga e Hyoran, comecem jogando ou entrem em campo no decorrer da partida. É a oportunidade que eles precisam para mostrar serviço. Assim como Borja, que hoje, num astral melhor, tem a chance de mostrar que ele pode ser o Borja que chamou a atenção no ano passado. Ou melhor, que ele é este cara.

E por último, mas não menos importante. Provavelmente iremos ver o estádio explodir em alegria e euforia, assim que vermos Moisés em campo, ou se levantando do banco e indo para a linha lateral, esperando para entrar. É muito bom vermos nosso craque de volta, mais cedo do que imaginávamos. Chega mais Moidez!

 

 

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *