A caminho do único objetivo!

  • 19 de setembro de 2017
  • Blog Torcida que Canta e Vibra
  • Vinicius Cutolo
  • 1461
  • 9310 Views

Infelizmente não está sendo o ano sonhado para a Sociedade Esportiva Palmeiras. Não necessariamente pela falta de títulos, mas por brigar efetivamente por eles. Começou no Campeonato Paulista, na Copa do Brasil e na Copa Libertadores da América. Não foram campanhas que iria convencer o torcedor do Palmeiras que íamos brigar, palmo a palmo, por títulos.

Diante disso, nos resta a luta pela vaga direta na Copa Libertadores de 2018. O título? Vamos fazer a nossa parte, se aparecer uma chance, quem sabe, mas é assunto para outro post. Nada de precipitação, a qual tivemos várias esse ano.

Buscando o retrospecto de anos anteriores, levando em consideração a quarta colocação, nos últimos quatro anos temos:

2016: Atlético/MG com 62 pontos

2015: São Paulo com 62 pontos

2014: Corinthians com 69 pontos

2013: Botafogo com 61 pontos

Somando ao fato de que o quinto colocado jamais conseguiu atingir a pontuação superior a 62 pontos, podemos adotar 63 pontos como o número mágico para a classificação direta. Entretanto, o título de umas das equipes próximas ao Palmeiras, seja na Copa do Brasil (Flamengo ou Cruzeiro) e Copa Libertadores da América (Grêmio, Santos ou Botafogo) podem favorecer ainda mais.

Atualmente estamos com redondos 40 pontos e precisamos de mais 23 pontos para carimbar a vaga e não levar sustos. Seriam 07 vitórias e 02 empates, nas 14 rodadas restantes. Ainda que se pareça uma pontuação baixa diante da quantidade de jogos restantes, não é, pois nas mesmas edições acima a pontuação do quarto colocado era de 40 ou 41 pontos, próximos a pontuação do Palmeiras.

CURIOSIDADES

Falando de Libertadores, já temos equipes classificadas para a competição, principalmente da Argentina e que vem para a edição de 2018 com as equipes mais tradicionais, vejamos:

ARGENTINA: Boca Juniors, River Plate, Estudiantes, Racing e Banfield (ainda terão mais um representante através da Copa da Argentina).

BOLÍVIA: The Strongest e Bolívar.

CHILE: Universidad do Chile.

COLÔMBIA: Atlético Nacional.

Após a alteração do calendário da competição em 2017, o México retirou seus clubes da competição, sendo assim, as vagas foram redistribuidas: 07 para o Brasil, 06 para a Argentina e para Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela com 04 equipes cada, além do campeão da edição anterior e do campeão da Copa Sul-Americana.

O calendário da CONMEBOL para 2018 será divulgado em breve e a entidade deixou claro que a competição terá início em janeiro, com as fases prévias e terminará em dezembro, em razão da Copa do Mundo de 2018 que será realizada na Rússia, entre 14 de junho até 15 de julho.

Share: