É possível sonhar? 2017, o ano que pode não ter sido tão perdido.

  • 27 de setembro de 2017
  • Emanoel Luiz
  • emanoel
  • 1019
  • 6463 Views

’99 não é 100…’ 

Cuca

 

O ano foi passando, as decepções surgindo, os problemas, os tapas nas caras dos uruguaios, e ficou uma dúvida… É só isso que o Palmeiras vai ter no ano?

                                                 (Foto: Cesar Greco)

Aí uma voz, no fundo do coração de todos os palestrinos espalhados pelo globo terrestre disse:”Não, ainda não… Podemos mais!”

Com a vitória na última rodada, sobre o tricolor carioca, a derrota do tricolor gaúcho e o empate do time de itaquera com o time do morumbi, algumas coisas se clarearam…

Não vou levantar as previsões de alguns outros blogs por aí que vem dizendo e cravando que ou o atual líder vai ser campeão com 3 pontos de diferença da gente, ou que seremos campeões com 1 ponto de diferença, na boa isso é chato demais e é plantar expectativas em terra duvidosa… Mas quero expor uma opinião pessoal…

        EgiDEUS, o mito, a lenda da lateral esquerda! #NuncaCriticamos

O Palmeiras não só têm patente para incomodar a ponta da tabela, como têm condições de tomá-la na penúltima rodada, e como o campeão é quem termina a última rodada em primeiro lugar: podemos vislumbrar um bi-brasileiro e a décima caneca na galeria, agora com o que estão chamando de: “2016.2 – o retorno do melhor ano da última década do Palmeiras”, eu sinceramente não curto esse nome e apelido para atual fase, mas que podemos começar a sonhar que as pontas serão conquistas de pouquinho em pouquinho, isso nós podemos crer…

 

Mas uma coisa é bem certa:

1 – Nossos atacantes precisam melhorar a pontaria, na boa, tá ruim de se ver alguns erros bizarros dos nossos ponteiros e avantes. Exemplo disso: nos dois últimos jogos quem marcou gol? Jean e Egidio.

2 – Precisa arrumar a cabeça, a afobação. O principal problema do Palmeiras em anos e anos luz, a ansiedade.

3 – Precisamos soltar o ‘Porco Doído’, para evitar sustos.

4 – Parar de esperar muito mais do Borja e criticar quando ele entra no final das pelejas. SEM COMPARAÇÕES: Cristaldo entrava sempre nos últimos 20, 15, 10 minutos e fazia a parte dele… Vamos parar de criticar, cutucar e incomodar titio Cuca, ok?

              Cucão de olho nos cornetas!!

Bem, que venha os próximos capítulos desse que pode ser a maior arrancada e epopeia feita pelo Palmeiras nos últimos anos…

Vai que esse ano a gente possa repetir essa imagem de novo:

                                       (Foto: Cesar Greco)

 

Share: