HOJE É DIA

Hoje é dia de pulsar o Porcoembu. De transformar um templo do futebol brasileiro em um verdadeiro inferno verde. De todas as cores nas arquibancadas para as cores verde e branco em campo. Representada por jogadores que não podem esquecer jamais do que é jogar no Palmeiras, do que é escutar a torcida cantar os noventa e tantos minutos, de ouvir a torcida vibrando em um carrinho certeiro, um corte bem feito, um drible bem dado ou um milagre operado. Milagre!

Falo de milagre, mas não falarei em santo (não quero confusão com os seus súditos). Falarei de um herói. Pantera Negra! Depois de vencer inúmeras dificuldades na vida e na profissão tão difícil que é ser goleiro no Brasil, ter jogado a série A pela primeira vez vestindo o manto sagrado palestrino, que honra… pra nós também. Em saber que, palmeirense desde menino, você vive um sonho em busca de um sonho pra todos nós. Que Jailson, mais uma vez, possa nos ajudar com seus milagres, mesmo estando longe de ser santo.

Hoje é dia de lembrar ao nosso capitão o quanto ele pode ser decisivo se quiser ser mais. Ao nosso camisa 20, hoje do nosso lado, mostrar o quanto privilegiado é um jogador vestir essa camisa verde e ter mais de 30mil pessoas incentivando todos eles. Todos. Desde os que são de confiança aos que vez quando eu desconfio. Mas vestiu o manto, é apoio da arquibancada.

Hoje é dia de Palmeiras! Dia de semifinal! Nem todos estarão lá, mas ainda assim estaremos representados por todos que irão, com as suas vozes, ecoar os cânticos palestrinos e transmitir toda energia necessária para ver o nosso Palmeiras jogar, mais uma vez, como um time gigante que é.

Share: